ACESSE

STJ anula provas contra empresário investigado por fraudes na Saúde em Tocantins

Telegram

O STJ anulou provas colhidas em 2017 na casa de Kurt Kaninski, sócio de uma empresa envolvida em frande de licitações na área da saúde em Tocantins, segundo o Ministério Público Federal.

Alvo da Operação Marcapasso, deflagrada em novembro daquele ano, ele é apontado como dono da ST Jude, investigada por pagamentos a médicos no estado responsáveis pela compra de equipamentos médicos.

Relator do caso, o ministro Rogerio Schietti considerou que a decisão do juiz que autorizou a busca na casa de Kaninski não detalhou a suposta conduta criminosa cometida por ele.

Ele validou, no entanto, as buscas feitas dentro da empresa.

Leia mais: Um amigo aconselhou Bolsonaro a renunciar. O presidente resiste. E tem um plano para ir até o fim

Comentários

  • Gilberto -

    Nada de novo. São inúmeros os casos de anulação injustificada pela mesma justiça que valida as invasões criminosas do Verdevaldo e o inquérito que não especifica crimes, acusados, nada.

  • Marcio -

    Essa justiça só se faz justiça para os pobres. Porque os únicos que vão pra cadeia. Único que colocou os bandidos de colarinho branco na cadeia foi a Lava Jato e eles querem acabar com ela infe

  • Oliveira -

    STJ. ST Jude. Piada pronta.

Ler 19 comentários