ACESSE

STJ arquiva inquérito de Pimentel na Acrônimo

Telegram

Herman Benjamin, do STJ, determinou o arquivamento de um dos inquéritos que investigam Fernando Pimentel na Operação Acrônimo, informa Lauro Jardim.

O inquérito em questão apurava se houve ação do petista, hoje governador de Minas, nos ministérios da Cultura e da Saúde para contratar os serviços da Gráfica e Editora Brasil, de Benedito de Oliveira Neto, o Bené –apontado como seu operador.

Em seu despacho, Benjamin atendeu ao pedido de arquivamento feito pelo MPF e escreveu “inexistirem fatos suficientes para o prosseguimento de persecução penal”.

Mas Pimentel ainda responde a outros inquéritos relativos à operação.

Comentários

  • Lelê -

    Esse Pimentel é um dos grandes BANDIDOS blindados pela (in) justiça brasileira.

  • edson -

    Impressionante a blindagem em relação a Pimentel e Eduardo Paes. Não é possível que nada vai pegar esses dois.....

  • Chris -

    Como assim? O tal de Bene não entregou? Achei que tivesse delatado.

Ler 11 comentários