ACESSE

STJ: honorários de advogados não serão pagos com fundo de educação

Telegram

O presidente do STJ, João Otávio de Noronha, decidiu hoje suspender o pagamento de honorários advocatícios com recursos do Fundeb.

Noronha concedeu uma liminar à AGU para impedir o pagamento de 5 milhões de reais a advogados que atuaram no processo em que o governo federal foi condenado a pagar diferenças nos repasses do fundo ao município de Uauá, na Bahia.

Leia a reportagem na Crusoé:

Honorários de advogados não serão pagos com fundo de educação, decide STJ

 

01 de Jair Bolsonaro sem blindagem. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 7 comentários