STJ impõe sigilo a processo da ex-mulher de Wassef

O ministro Reynaldo Soares da Fonseca, do STJ, impôs sigilo ao processo em que a empresária Maria Cristina Boner Léo, ex-mulher de Frederick Wassef, pede o desbloqueio do dinheiro depositado em suas contas na Suíça.

Documentos obtidos pela Crusoé revelam que Cristina tem 9 milhões de dólares bloqueados em Genebra e em Zurique.

A defesa da empresária solicitou o sigilo do processo ao STJ depois da publicação da reportagem. Ela também requereu uma investigação sobre “partes interessadas” que tenham acesso aos autos.

Assine a Crusoé e leia a reportagem completa aqui.

Leia mais: Crusoé expõe o que está na mesa de negociações pela sucessão na Câmara e no Senado, entre elas a liberação bilionária de emendas, oferta de ministérios, promessas de implosão da Lava Jato, entre outras
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO