STJ liberta funcionários da Vale

O ministro Nefi Cordeiro, do STJ, deferiu liminar para colocar em liberdade os 13 funcionários da Vale e da empresa TUV SUD investigados pelo rompimento da barragem de Brumadinho.

Eles estavam presos desde ontem.

Em 5 de fevereiro, a Sexta Turma do STJ havia determinado a soltura de cinco funcionários sob investigação. Na sequência, outras oito pessoas foram presas e, em 27 de fevereiro, libertadas por decisão do ministro Nefi Cordeiro. Com o julgamento de mérito do TJMG, voltou a valer a ordem de prisão da primeira instância – o que levou a defesa e impetrar dois novos pedidos de habeas corpus no STJ.

Este é um convite à indignação. Veja aqui!

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 30 comentários
  1. Cada corte tem seu soltador geral da nação. este país esta uma VERGONHA, ate hoje o desastre de Mariana está sem solução e o de Brumadinho vai para o mesmo caminho, a IMPUNIDADE GERAL.

  2. Vou ter que concordar com os anarco-capitalistas: Com um judiciário desses, melhor demitir todo mundo e acabar com isso! Bilhões gastos com esse sistema que só protege bandidos e corruptos.

    1. Nessa eu concordo também até com os Anarco-Comunistas : Melhor seria gastar essa grana c/ o social. P/ q primeira e segunda instâncias, se na última eles desfazem tudo q as outras fizeram???

  3. Supremos Tribunais desfazem tudo. Ressuscitam os mortos pela lama também? Desfazem o estrago ao meio ambiente? Recuperam divisas perdidas pela corrupção? Não? Então de pouco servem!

  4. Eu avisei que não compensava prender, os juizes desembargadores e ministros, não respeitam juizes de primeiro grau, foi o que renan falou, esses juizecos não podem fazer o quê querem por aí lembr

  5. Os caras não foram indiciados ou julgados, o problema é que a justiça mantem na cadeia 250000 pobres na mesma condição, não foram sequer indicados ou julgados em primeira instanc