STJ mantém preventiva dos irmãos Batista

Em decisão monocrática, o ministro Rogerio Schietti Cruz, do STJ, negou pedidos de liminar em habeas corpus da defesa dos irmãos Wesley e Joesley Batista.

Os empresários foram presos preventivamente na Operação Tendão de Aquiles por suposta prática do crime de insider trading.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 17 comentários
  1. Quem gravar ou filmar corruptos amigo de um poderoso que tem a caneta não mão, e entregar à justiça não tem escapatória, o maioral não perdoa. Só vale delação premiada sem provas concretas.

  2. FIQUEM TRANQUILOS “IRMÃOS METRALHA” …
    JÁ, JÁ, O STF LIBERTARÁ VOCÊS E COM UM POUCO DE SORTE,
    O POVO BRASILEIRO AINDA OS INDENIZARÁ POR DANOS MORAIS !!!

    1. Esses vão penar um pouco na cadeia porque gravou o corrupto amigo do amigo poderoso que mais manda no Brasil, que prende e solta a seu bel prazer. Se tivesse apenas feito delação sem provas teria continuado livre, leve e solto.

  3. Mais alguns meses, no máximo 3 ou 4, para esses paspalhões serem soltos.
    Não foram soltos ainda porque o clima ainda está quente para eles.
    Daqui a pouco o povo esquece, vem o Natal e o Carnaval…. depois disso, virá a notícia:
    “O STF aceita o HC impetrado pelo doutor Kakai e os irmãos Batistas serão soltos”

  4. Se esses bandidos que promoveram o maior roubo da história do país não apodrecerem na cadeia, o Brasil restará mais uma vez desmoralizado. Falta colocar na cadeia o Janot que assegurou a esses meliantes em tese a eterna impunidade.