ACESSE

STJ rejeita pedido da defesa para suspender ação contra Adriano

Telegram

O ministro Reynaldo Soares da Fonseca, do STJ, rejeitou um pedido da defesa de Adriano da Nóbrega para suspender a ação penal na qual e ele e outras 11 pessoas respondem por organização criminosa.

Os advogados alegaram que não tiveram acesso à integra das interceptações telefônicas realizadas pela polícia entre os integrantes da milícia, que embasam a acusação.

O Ministério Público Federal opinou pela entrega de todos os áudios; o juiz Gustavo Gomes Kalil, da 4ª Vara Criminal do Rio, informou que já havia concedido o acesso total em dezembro.

O ministro resolveu extinguir a ação no STJ em razão da morte de Adriano, no domingo. “Com o óbito do ora recorrente, o recurso ordinário perdeu o objeto”, despachou.

Basta de atritos com Bolsonaro. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 2 comentários