ACESSE

STJ reduz pena de Eduardo Azeredo

Telegram

A Quinta Turma do STJ manteve hoje a condenação do ex-governador de Minas Eduardo Azeredo por peculato e lavagem — a pena, no entanto, foi reduzida de 20 para 15 anos de prisão.

No processo, conhecido como mensalão tucano, ele foi acusado de desviar dinheiro de estatais mineiras para sua campanha à reeleição, em 1998, por meio de Marcos Valério.

Na sessão de hoje, os ministros observaram que, na condenação pelo TJ de Minas, foi contada duas vezes, como agravante, o fato de Azeredo ser governador à época dos fatos.

Azeredo cumpriu um ano e meio da pena, mas foi solto em novembro do ano passado, quando o Supremo derrubou a prisão em segunda instância.

Basta de atritos com Bolsonaro. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 11 comentários