Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

STJ tranca ação de Edir Macedo contra Haddad

STJ tranca ação de Edir Macedo contra Haddad
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O ministro Sebastião Reis Júnior, do STJ, determinou o encerramento de uma ação penal movida pelo bispo Edir Macedo contra Fernando Haddad.

O líder da Universal acusava o petista de difamação.

Em 2018, durante a campanha eleitoral, Haddad disse que Jair Bolsonaro representava “o casamento do neoliberalismo desalmado representado pelo Paulo Guedes, que corta direitos trabalhistas e sociais, com o fundamentalismo charlatão do Edir Macedo”.

Disse ainda que, por trás da aliança, havia “fome de dinheiro”.

Sebastião Reis Júnior resolveu trancar a ação após uma manifestação do Ministério Público Federal. A subprocuradora Luiza Frischeisen, da ala progressista do MPF, disse em parecer que a manifestação de Haddad estava resguardada pela liberdade de expressão.

Argumentou que crítica era dirigida a Bolsonaro e não a Macedo. O ministro concordou.

“Não cabe ao Poder Público previamente escolher ou ter ingerência nas fontes de informação, nas ideias, opiniões pessoais ou nas palavras escolhidas para o exercício da liberdade de expressão”, escreveu.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO