STJ volta a afastar tucano do TCE

O STJ abriu ação penal contra Robson Marinho e o afastou novamente do cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, ao qual havia sido reintegrado ontem.

Marinho, que foi chefe da Casa Civil paulista no governo Mário Covas, é acusado de corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro no caso da Alstom.

De acordo com a denúncia (acusação formal) do Ministério Público Federal, ele recebeu da empresa francesa US$ 3 milhões em propina, em contas na Suíça.

Procurada, a assessoria de Marinho informou que ele não vai se manifestar.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Siará disse:

    o pagador de impostos só espera que o pobre e injustiçado tucano continue a receber integralmente o salário

Ler comentários
  1. ALCKMIN -E A ALSTOM-O METRÔ E OS ROUBOS disse:

    ALCKMIN LADRÃO O SANTO DA ODEBRECHT-TAMBEM RECEBEU ROUBOS DA ALSTOM-276 MILHÕES

  2. TRE também! disse:

    Tem que afastar os do TRE também! Cupincha do Temer! Arlon Viana, o preposto de Temer no PMDB paulista, tem centenas de processos por prestação de contas que não saem do lugar! Só olhar no JusBrasil!

  3. O terror do "black blog" disse:

    Chamem o Tasso "Oi" Jereissati que ele resolve. É só ele afastar o cara do ninho tucano e dizer p'ro chuchu dar a vaga p'ra outro.

  4. FOORA LADRÕES DE SÃO PAULO-PSDB--PMDB--PT-PTB disse:

    MAJOR OLÍMPIO - PRA GOVERNADOR---PRA LIMPAR SÃO PAULO DOS CRIMINOSOS LADRÕES DOS COFRES PÚBLICOS

    1. Concordo! A justiça está toda nas mãos de Temer, Lula e Alckmin! Uma vergonha!