Suassuna e o outro sócio de Lulinha

Jonas Suassuna, alvo de nova perícia da Polícia Federal, foi uma mãe para a família Lula da Silva e seus agregados.

Além de bancar a compra de metade do sítio de Atibaia e emprestar seu nome na escritura do apartamento de Fábio Luís Lula da Silva, Suassuna abrigou por anos na Editora Gol outro sócio de Lulinha.

Kalil Bittar, irmão de Fernando – que comprou a outra parte do sítio –, tinha sala na empresa e sempre estava por lá. A Lava Jato investiga pagamentos de Suassuna de despesas de Kalil, como financiamentos imobiliários.

Faça o primeiro comentário