ACESSE

Subprocuradora diz que Rabicó não deveria estar solto

Telegram

A PGR recorreu ao Supremo para que o traficante Antonio Ilario Ferreira, conhecido como Rabicó, seja preso novamente, após liminar do ministro Marco Aurélio Mello que colocou o criminoso em liberdade.

A subprocuradora Cláudia Sampaio Marques apontou “notória periculosidade” do traficante, condenado a 27 anos e três meses de prisão. E ressaltou que a defesa do traficante levou à apreciação do STF a execução provisória de pena de Rabicó no processo, mas ele estava com sua prisão preventiva decretada na mesma ação.

Segundo a subprocuradora, os advogados induziram o STF ao erro.

A transação suspeita que fez Léo Pinheiro, um dos pivôs do petrolão, citar Dias Toffoli em sua delação. Saiba mais

Comentários

  • Antonio -

    Ponha o vagabundo do Marco Aurélio para prender o sortudo !...

  • Claudia -

    Rabicó deveria ficar sob a supervisão de MÁ Mello, na casa dele!! IRRESPONSÁVEL!! CINICO!! FICA FELUZ DE VER A VIDA DAS PESSOAS DESANDAREM !!

  • JEAN -

    Ah se juiz fosse mortal... iria responder por erro técnico no conselho, ser processado e pagar multa ou demissão! Como eng, médico, dentistas, etc

Ler 102 comentários