ACESSE

Subsidiar combustíveis tem preço: R$ 30 bilhões

Telegram

Subsidiar o preço do diesel, da gasolina e do gás de cozinha para evitar que os reajustes da Petrobras sejam repassados totalmente à população custaria R$ 30,5 bilhões ao Tesouro Nacional até o fim do ano.

Foi o que estimaram interlocutores de Michel Temer, segundo o Estadão.

Para cobrir os subsídios do diesel, são necessários R$ 13,5 bilhões; para diminuir o preço da gasolina, outros R$ 13 bilhões; e o gás mais barato consumiria R$ 4 bilhões dos cofres públicos.

A ideia em estudo por uma ala do governo é criar um “colchão tributário” para amortecer aumentos elevados no preço dos combustíveis diante de altas expressivas do barril de petróleo e do dólar, mas, segundo fontes do Palácio do Planalto ouvidas pelo jornal, não há espaço para cobrir essas despesas remanejando recursos do Orçamento.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 32 comentários