Subsidiária da Localiza assina acordo de leniência com o governo

A CGU e a AGU anunciaram hoje a assinatura de acordo de leniência com a Car Rental Systems do Brasil, empresa controlada pela Localiza, do ex-secretário de desestatização do governo Bolsonaro Salim Mattar. O acordo envolve o pagamento de multa e ressarcimento, num total de cerca de R$ 750 mil.

Segundo o anúncio oficial, a empresa confessou ter pagado propina a um servidor público em 2010. Na época, a Car Rental, que foi comprada pela Localiza em 2017, era controlada pela Hertz, que também integrou o acordo como “interveniente”.

Em comunicado ao mercado, a Localiza disse que a própria Car Rental identificou as irregularidades numa investigação interna e viu que os fatos poderiam ser enquadrados na FCPA, a lei anticorrupção internacional dos Estados Unidos.

Os atos foram confessados às autoridades brasileiras na época da compra da Car Rental pela Localiza. Essas irregularidades, segundo a empresa de Salim Mattar, “envolveram práticas de terceiros contratados para prestar serviços à Car Rental”.

Leia mais: OS R$ 42 MILHÕES DO ADVOGADO DE BOLSONARO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 3 comentários
TOPO