Suíça confirma validade das provas contra Odebrecht

O Globo informa que a Autoridade Central da Suíça reafirmou que não há limitações para o uso dos documentos bancários suíços enviados à Lava-Jato.

A Odebrecht tentou anular os documentos encaminhados pelo MP suíço, que provam que a empreiteira foi beneficiária de dinheiro do petrolão no exterior.

Diz a matéria: “Em ofício encaminhado ao Ministério da Justiça no dia 2 de fevereiro, o representante suíço Guillaume Rousseau afirmou que o erro de procedimento do MP suíço ao encaminhar documentos ao Brasil não altera a legalidade dos documentos. Rousseau disse que Justiça Suíça nunca invalidou as informações.”

Sérgio Moro já havia confirmado a utilidade das provas, mas é bom que fique claro.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200