Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'Superpedido' tem menos assinaturas do que Placar do Impeachment tinha em janeiro

União entre esquerda e ex-aliados de Bolsonaro também já existia
Superpedido tem menos assinaturas do que Placar do Impeachment tinha em janeiro
Foto: Isac Nóbrega/PR

O ‘superpedido’ de impeachment apresentado nesta quarta (30) tem menos assinaturas do que o ‘Placar do Impeachment’, um perfil no Twitter, já registrava em janeiro deste ano.

O ‘superpedido’ tem 46 assinaturas, incluindo os presidentes nacionais de vários partidos de esquerda. Também assinam o texto os deputados federais Kim Kataguiri, Joice Hasselmann e Alexandre Frota, ex-aliados do presidente Bolsonaro. Joice foi até líder do governo no Congresso.

Não há qualquer novidade nessas adesões. Esses três deputados já eram publicamente a favor do impeachment de Bolsonaro em janeiro, antes mesmo do contrato com a Covaxin ser assinado. O ‘Placar do Impeachment’ cita manifestações dos três datadas de 14 e 15 de janeiro, quando a vacinação contra Covid no Brasil nem havia começado.

Em janeiro, como mostramos, o ‘Placar’ já contava 78 deputados a favor do impeachment, e empacou em março, em 112. A contagem permanece empacada até hoje.

Para mandar o pedido de impeachment ao Senado são necessários, no mínimo, 342 votos.

Boa parte dos votos anunciados é das bancadas do PT e do PSOL. Ainda em junho de 2020, lideranças de esquerda lançaram a ‘Frente Fora Bolsonaro’, que inclui 59 deputados federais.

Arthur Lira está a cada dia mais tranquilo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO