Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Suposta laranja do PSL é condenada a devolver R$ 380 mil

O TRE de Pernambuco reprovou hoje as contas de Maria de Lourdes Paixão Santos, candidata a deputada federal pelo PSL nas eleições de 2018, e determinou que ela devolva R$ 380 mil ao fundo partidário, informa Fausto Macedo.

Segundo a Procuradoria Eleitoral pernambucana, Lourdes foi a candidata do PSL que mais recebeu recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha no estado: R$ 400 mil.

Também recebeu o segundo maior volume de verbas na sigla, atrás apenas de Luciano Bivar, que obteve R$ 1,8 milhão. Na eleição, porém, só teve 274 votos.

No seu parecer ao TRE, a Procuradoria registra que há “fortes indícios” de que a participação de  Lourdes no pleito teria sido “fictícia” –ou seja, uma candidatura-laranja para desviar a verba do fundo partidário. O PSL nega.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO