Supremo julga em outubro reforma do ensino médio

Supremo julga em outubro reforma do ensino médio

Luiz Fux marcou para 1º de outubro o julgamento da reforma do ensino médio implementada pelo governo Michel Temer, em 2016.

Na ação, o PSOL afirmou que, em razão da complexidade, as mudanças não poderia ser feitas por medida provisória.

No Congresso, a MP foi bastante modificada, mas o partido argumentou que há um vício formal de origem na reforma, por ter sido proposta sem prévia discussão com a sociedade.

A reforma regulamentou a jornada integral e fez mudanças curriculares.

O relator da ação é Edson Fachin.

Leia mais: EXCLUSIVO: A APURAÇÃO SOBRE A LIGAÇÃO DO MINISTRO DIAS TOFFOLI COM AS EMPREITEIRAS
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 14 comentários
TOPO