Supremo mantém prisão de Bumlai

A segunda turma do STF negou habeas corpus ao pecuarista José Carlos Bumlai, referendando decisão de Teori Zavascki

Teori alegou que não pode haver “supressão de instâncias”, uma vez que o pedido foi impetrado diretamente contra decisão monocrática de ministro do STJ e não chegou a ser analisado pela quinta turma.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200