Suspeita de fuga de Geddel levou a bunker da propina, diz Janot

Na palestra que deu a estudantes hoje em Brasília, Rodrigo Janot disse que a suspeita de que Geddel Vieira Lima tentaria fugir do país levou os investigadores a encontrar os R$ 51 milhões do bunker da propina.

“Esse cidadão estava preso e obteve autorização para prisão domiciliar. O estado natal dele não tinha tornozeleira eletrônica, então ele ficou em domiciliar, sem tornozeleira, e começou a fazer um movimento estranho. Aí os vizinhos ligaram para a Procuradoria dizendo: tem um movimento muito estranho desse cidadão, ele deve estar se organizando para fugir do país”, afirmou o ex-PGR, conforme o relato do Estadão.

“Houve um pedido de busca e apreensão no apartamento e estávamos seguros de que encontraríamos material para fuga”, acrescentou Janot. Ele observou que o apartamento em Salvador não tinha móveis –só malas e caixas cheias de dinheiro.

O ex-PGR não citou o nome do ex-ministro de Lula e Temer. Nem precisava. Bastou exibir as fotos do dinheiro apreendido.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Fugir para onde , se o Brasil é o Paraíso dos Ladrões ?
    Onde ele iria levar os 51 milhões ??? Na maleta de mão ????
    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    As palestrar do Janot devem ser bem caras, como as do Luladrão.

Ler mais 2 comentários
  1. Fugir para onde , se o Brasil é o Paraíso dos Ladrões ?
    Onde ele iria levar os 51 milhões ??? Na maleta de mão ????
    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    As palestrar do Janot devem ser bem caras, como as do Luladrão.