Suspeito de invadir sistemas do TSE estava em prisão domiciliar

Suspeito de invadir sistemas do TSE estava em prisão domiciliar
Foto: geralt/Pixabay

O hacker português Tomás Bonifácio Pedroso, responsável pelo ataque aos sistemas do TSE no primeiro turno das eleições municipais, estava em prisão domiciliar e deve se apresentar à Justiça de Portugal nas próximas 48 horas para depoimento.

Zambrius, como é conhecido, estava detido desde março e passou a ser monitorado por tornozeleira eletrônica após invadir os sistemas de uma empresa de energia elétrica portuguesa.

Como noticiamos, o hacker foi preso neste sábado pelas autoridades portuguesas em parceria com a Polícia Federal.

Em sua primeira condenação, ele estava proibido pela Justiça de ter acesso a computadores. O ataque ao TSE teria ocorrido por meio de um smartphone.

Leia mais: Imagine o Brasil de hoje sem O Antagonista e a Crusoé.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 38 comentários
TOPO