Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Tabelar preços sempre trouxe as piores consequências”

O general Joaquim Silva e Luna afirma que a estatal não tem “legitimidade" para controlar os preços de combustíveis
“Tabelar preços sempre trouxe as piores consequências”
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O general Joaquim Silva e Luna (foto), presidente da Petrobras, afirmou que a estatal não vai aceitar intervenções, além de não ter “legitimidade para controlar os preços de combustíveis” praticados no Brasil. 

Em entrevista ao UOL, Silva e Luna defendeu a abertura do mercado e comentou as consequências do congelamento de preços. 

Se prevalecesse a decisão de tentar represar preços via Petrobras, as outras empresas do setor iriam processar a companhia por preço predatório [artificialmente baixo] e venderiam seus produtos no exterior ou abandonariam o Brasil”, diz. 

O Brasil já tentou medidas heterodoxas em outros momentos, sempre sem sucesso. Tabelar preços sempre trouxe as piores consequências econômicas para qualquer país que o faça. E ninguém imagina cometer erros velhos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO