Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

TCU diz que, "por enquanto", auditor do 'relatório paralelo' não foi afastado do cargo

Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, no entanto, já não pode mais exercer suas atividades na supervisão da auditoria no tribunal de contas
TCU diz que, “por enquanto”, auditor do relatório paralelo não foi afastado do cargo
Reprodução/Youtube

Em comunicado oficial, o Tribunal de Contas da União (TCU) confirmou que Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques foi afastado de suas atividades na supervisão da auditoria.

O afastamento do cargo, no entanto, não ocorreu, “por enquanto”, segundo o TCU.

“O servidor foi afastado da supervisão da auditoria. Não houve afastamento do cargo, por enquanto.”

O afastamento das atividades, como noticiamos mais cedo, se deu após abertura de investigação interna sobre a elaboração de um relatório paralelo que defendia a tese de supernotificações de óbitos de Covid.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO