TCU manda BB suspender publicidade após suposta interferência de Carlos Bolsonaro

Bruno Dantas, do TCU, determinou nesta quarta (27) que o Banco do Brasil suspenda “qualquer veiculação de publicidade” em sites, blogs, portais e redes sociais.

A decisão, em caráter provisório, atende a representação do Ministério Público junto ao TCU questionando “interferência indevida” da família de Jair Bolsonaro na gestão de publicidade do banco estatal.

Nas redes sociais, Carlos Bolsonaro criticou a decisão do BB de suspender publicidade num site já condenado por difundir fake news; logo depois disso, o banco voltou atrás.

Leia AQUI a reportagem de Igor Gadelha na Crusoé.

Leia também: Bolsonaro mandou investigar Witzel?
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 32 comentários
TOPO