Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

TCU: medidas do governo são insuficientes para evitar racionamento

O nível dos reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste atingiu o menor nível desde a crise hídrica de 2001
TCU: medidas do governo são insuficientes para evitar racionamento
Barragem de Santa Maria apresenta nivel baixo de água (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

As medidas adotadas pelo governo federal na crise hídrica são insuficientes para evitar um racionamento de energia elétrica nos próximos meses, de acordo com relatório da área técnica do TCU.

O documento, obtido pelo G1, relata a falta de “previsibilidade e razoabilidade” nas ações do governo, além da ausência de plano para o caso de agravamento da situação. 

A Secretaria de Fiscalização de Infraestrutura de Energia Elétrica (SeinfraElétrica) do TCU disse ainda:

A despeito das ações adotadas, houve piora acima do esperado do nível dos reservatórios [das hidrelétricas]. Em que pese algumas dessas medidas somente terem começado a vigorar a partir de 1º/9/2021, há indicativo de que as providências não se mostram suficientes para eliminar o risco de racionamento do consumo, tampouco o risco de blecaute.”

Como mostramos, o nível dos reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste atingiu o menor nível desde a crise de 2001.

Mais notícias
TOPO