Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

TCU nega autoria de documento usado por bolsonaristas para questionar dados de Covid

Jair Bolsonaro disse ontem que um relatório do tribunal de contas mostraria que metade das mortes pela doença registradas em 2020 tiveram outras causas
TCU nega autoria de documento usado por bolsonaristas para questionar dados de Covid
Foto: Divulgação/TCU

O Tribunal de Contas da União atualizou a nota na qual desmente a declaração de Jair Bolsonaro, dada ontem, de que um relatório do TCU mostraria que metade das mortes por Covid registradas no ano passado tiveram outras causas.

O presidente da República deu a declaração na manhã de ontem. O TCU só foi desmenti-lo no fim da tarde, quando bolsonaristas já tinham viralizado a fala irresponsável de Bolsonaro.

O TCU também precisou negar a autoria de um documento que apoiadores do presidente usam para questionar os dados oficiais da Covid.

“O TCU reforça que não é o autor de documento que circula na imprensa e nas redes sociais intitulado ‘Da possível supernotificação de óbitos causados por Covid-19 no Brasil'”, diz trecho da nota atualizada.

Como noticiamos ontem, a área técnica do TCU chegou a preparar duas notas de respostas durante o dia, mas o tribunal de contas acabou decidindo divulgar, no fim da tardeum texto somente desmentindo a informação do presidente, sem dar detalhes. Em uma das versões que foram descartadas, a nota não só desmentia o presidente, como afirmava que, ao contrário do que Bolsonaro dissera, os dados do TCU confirmam os números oficiais da pandemia. O texto ainda sugeria que o presidente da República havia se apegado a suposições e, assim, distorcido informações. A área técnica reforçava também que o assunto em questão não havia sido levado ao plenário do tribunal de contas.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO