TCU vê indícios de irregularidades em compras do governo do DF na pandemia

Documento do tribunal cita direcionamento de compras e sobrepreço nas aquisições de testes de Covid
TCU vê indícios de irregularidades em compras do governo do DF na pandemia
Foto: Divulgação/TCU

O TCU identificou indícios de direcionamento de compras e majoração de preços nas aquisições de testes de Covid pelo governo do Distrito Federal. Em relatório que analisou a utilização de recursos federais durante a pandemia, o tribunal disse que há suspeita de favorecimento de fornecedores específicos nas compras.

No documento, o TCU também alegou que a Secretaria de Saúde do Distrito Federal mudou constantemente as quantidades de testes a serem adquiridos, sem apresentar justificativa. Além disso, deu prazos curtos para as empresas interessadas em vender produtos e desconsiderou propostas mais baratas que foram apresentadas.

As conclusões do estudo, após acórdão do TCU, foram encaminhadas ao presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG). 

Aliados ao Palácio do Planalto pretendem pedir cópia dos documentos para serem citados na CPI da Covid, que, além apurar da conduta do governo federal na pandemia, também mira eventuais irregularidades na aplicação de recursos da União por governadores e prefeitos.

Leia mais: O impeachment de Bolsonaro entra na agenda.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO