ACESSE

"Tem de ter algum tipo de diálogo", diz Eduardo Bolsonaro sobre cargos para o Centrão

Telegram

Eduardo Bolsonaro, o 03, defendeu o “diálogo” de Jair Bolsonaro com o Centrão, que vem abocanhando cargos no governo federal.

“O presidente não elege o Congresso. Quem elege são as pessoas. E o presidente tem de ter algum tipo de diálogo com quem está ali”, afirmou o deputado ao Estadão.

“[Bolsonaro] Foi feliz no diálogo que aprovou a reforma da Previdência e hoje em dia ele mantém diálogos.”

Ele disse ainda:

“A estrutura da União é gigantesca. Se você fosse o presidente, teria mais do que 20, 30 nomes, pessoas competentes daquela área para botar diante de determinadas empresas públicas, estruturas do governo? É difícil. […] O que eu sei é que tem muita gente ainda que foi indicada desde os tempos de Dilma Rousseff, e isso não está de acordo com a proposta vencedora de 2018. Você não pode ter pessoas em escalões inferiores trabalhando contra o governo e é preciso identificar e trocar essas pessoas, se puder.”

Leia também: STF x Bolsonaro

Comentários

  • EGIDIO -

    Um giro de 180 graus no discurso. Os votos dados foram exatamente para não fazer isso, mão tem jeito, todos fazem: ou se dá acesso aos cofres ou cai; coisa de bandido. O de sempre.

  • Antonio -

    "Somos 70 por cento"

  • Marco -

    Palhaços, mudam o discurso como mudam de roupa. E o gado adora.

Ler 43 comentários