Temer contra Alckmin

Até agora, só há duas certezas sobre o candidato de centro:

1 – Nenhum nome atrai o eleitorado.

2 – Michel Temer fará de tudo para derrubar Geraldo Alckmin.

Sobre esse segundo ponto, a Folha de S. Paulo diz:

“Apesar do índice expressivo de eleitores que, segundo o Datafolha, dizem não votar em um nome indicado por Michel Temer (86%), aliados do presidente viram na desorganização do centro uma janela de oportunidade.

O emedebista vai se colocar como agente disposto a reorganizar esse campo, usando a base do governo como ponto de partida. Com a jogada, tentará isolar a candidatura de Geraldo Alckmin ao menos até junho e se reaproximar do DEM, de Rodrigo Maia.”

E mais:

“O governo comemorou o fato de Alckmin não ter esboçado crescimento na pesquisa.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. https://oglobo.globo.com/brasil/eleicoes-2018-principais-nomes-do-centro-sao-representantes-do-establishment-22592600?utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar

    https://istoe.com.br/imaginavamos-uma-queda-de-bolsonaro-na-pesquisa-diz-preside

    Como os links acima dão a entender, Jair Bolsonaro vai muito além do mero anti-petismo, diante dos “fenômenos” Alckmin, Meirelles, Boulos, Manoela, Ciro, Marina, Amoedo, Joaquim Barbosa, etc. Todos esses nomes já foram governistas de governos petistas e/ou tucanos. Jair Bolsonaro, mesmo sendo apolítico, pois está na câmara dos deputados a mais de 27 anos, é a novidade dessa eleição. É o único que nunca foi governista, desde antes de ser deputado, quando escreveu sobre Sarney, e desde seu primeiro mandato, em 1991….

Ler mais 25 comentários
  1. https://oglobo.globo.com/brasil/eleicoes-2018-principais-nomes-do-centro-sao-representantes-do-establishment-22592600?utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar

    https://istoe.com.br/imaginavamos-uma-queda-de-bolsonaro-na-pesquisa-diz-preside

    Como os links acima dão a entender, Jair Bolsonaro vai muito além do mero anti-petismo, diante dos “fenômenos” Alckmin, Meirelles, Boulos, Manoela, Ciro, Marina, Amoedo, Joaquim Barbosa, etc. Todos esses nomes já foram governistas de governos petistas e/ou tucanos. Jair Bolsonaro, mesmo sendo apolítico, pois está na câmara dos deputados a mais de 27 anos, é a novidade dessa eleição. É o único que nunca foi governista, desde antes de ser deputado, quando escreveu sobre Sarney, e desde seu primeiro mandato, em 1991….

  2. Só há duas certezas sobre o candidato de centro:
    1. NÃO EXISTE CANDIDATO DE CENTRO NEM PARTIDO DE CENTRO
    2. A IMPRENSA MENTE, INVENTA TERMOS E SE ALIA A PARTIDOS PARA CRIAR A NARRATIVA DE CENTRO PARA COMBATER BOLSONARO.
    Goste ou não do candidato é um candidato versus todos os outros(DO SISTEMA CORRUPTO) então é fácil ver quem não presta e é ameaça mesmo.

  3. Com base no resultado da pesquisa, tenho uma sugestão valiosa para Temer:
    declare apoio incondicional a Alckmin. 86% não votarão em Alckmin.

  4. Prestem atenção!!
    No final até as eleições toda a esquerda, o establishment, a mídia progressista, os vagabundos, os corrutos, os bandidos e os parasitas se unirão contra o Bolsonaro!!
    Aliás, já estão se unindo!!

  5. Temer vive numa realidade paralela. Não conheço ninguém que goste do Temer, exceto Gilmar e Reinaldo Azevedo. Não há nada que Temer faça que reverta essa situação. Ponto final.

  6. A esquerda, e corruptos em geral nunca deixam de botar e têm um grande trunfo: são os votos nulos, brancos e as abstenções. Gente que viaja nas eleições para não se comprometer. Já q não encontram o candidato “perfeito”, preferem deixar tudo nas mãos dos piores, e continuar sustentando c seus impostos os vagabundos de toda a América Latina, ajudando a construir a Pátria Grande q vai matar seu país, seus valores e o futuro de seus filhos e netos. Acorda, povo! Pelo amor de Deus, vão em massa para as urnas, sejam fraudáveis, ou não. Será muito mais dificil fraudar se a vitória de candidatos fora dos esquemas for esmagadora! Votar é um direito!

  7. Para mim, esta eleição será 0x0 0x0 0x0 0x0 0x0 0x0. Ninguém serve, ninguém vale nada, ninguém dá conta do Brasil, ninguém é adequado, ninguém menos pior surgirá… Entre o justificar e o votar no menos pior, fico com a primeira opção. Ah, mas é covardia… Né, não! Eu pago todos os meus impostos em dia, todos!!! E não são poucos! Sou contribuinte correta, voluntária em projetos sociais, cidadã de bem. Covarde é a turma que manda no Brasil. Acho que vou pra casa da minha filha no Canadá. Só que eu acho muito desaforo! Ah, falar a verdade mesmo, o único poder que ainda pode fazer alguma coisinha é o QUARTO! Ah, se todos fossem iguais a vocês, Antas! Que maravilha viver!

  8. A única certeza é que a esquerda tem tudo para eleger o novo presidente. O único candidato não-esquerda com chances reais é o estrupício b.oçal do Bolsonaro que já bateu no teto e tem a rejeição de 75% do eleitorado. Resumo da ópera, a cruzada moralista estúpida contra a política e contra as Instituições promovida pelos a.ntas, j.acobinos e o P.artido da P.olícia ressuscitou a esquerda.

  9. Centro?
    Que centro?
    Uns três gatos-pingados que ainda são chamados de “direita radical”, porque afinal o “centro” no Brasil, foi puxado lááá para a esquerda a muito tempo.
    Centro… tá bom.