Temer, dê um puxão de orelha em Meirelles

Perguntado pela Veja sobre a sua eventual candidatura à presidência da República em 2018, caso a economia se recupere, Henrique Meirelles respondeu:

“Do meu ponto de vista, não posso me desviar do foco daquilo que estamos fazendo e ficar entrando em discussões sobre hipóteses. Não trabalho sobre hipóteses.”

E ainda:

“No momento sou candidato a botar a economia para crescer.”

Temer, dê um puxão de orelha em Meirelles e mande ele dizer, sem ambiguidades, que não será candidato em 2018.