ACESSE

Temer desiste de antecipar retorno

Telegram

“Depois que disseram que eu vou voltar, vou voltar não. Vou ficar.”

Foi o que disse Michel Temer, na China, à imprensa brasileira.

O presidente havia decidido antecipar seu retorno de terça-feira para segunda, mas voltou atrás para desfazer a impressão geral de que está preocupado com a segunda denúncia a ser apresentada pela PGR e de que precisa novamente comprar votos para enterrá-la.

Com isso, Rodrigo Maia fica na presidência da República e André Fufuca no comando da Câmara até terça.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 49 comentários