Temer e Bolsonaro: sugestão de impedir reajustes é recíproca

O ministro do Planejamento do governo de Michel Temer, Esteves Colnago, entregou a Paulo Guedes 15 documentos com diagnósticos e propostas para o novo governo tentar resolver a crise nas contas públicas, informa O Globo.

A principal sugestão é de que Jair Bolsonaro edite um decreto presidencial, dias depois da posse, para impedir reajustes e correções em programas. Propõe-se ainda mexer no seguro-desemprego, Fundeb e no piso salarial dos professores. Outra recomendação é passar a desvincular recursos inclusive das áreas sociais para ter liberdade para gerir o dinheiro.

“O órgão alerta: se nada for feito, em três anos, as despesas obrigatórias – como o gasto com pessoal – consumirão 98% de todo o orçamento do governo e não sobrará recursos para investir e diminuir a dívida pública.”

A reportagem não menciona, mas vale lembrar que Michel Temer poderia vetar o aumento salarial dos ministros do STF, como Bolsonaro disse que faria se já fosse o presidente.

A sugestão de impedir reajustes serve para ambos os governos.

 

O Senado mandou uma "continha" extra de R$ 6 bi para você pagar. Quem vai defender VOCÊ?

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. José disse:

    Acabem com o FGTS e a CLT de quem vai ingressar no mercao de trabalho....

Ler comentários
  1. Noely disse:

    Privatiza as universidades, o país não pode mais carregar tamanho orçamento num país com tamnho rombo.

    1. Deveria ser estabelecido um prazo de 2 anos para as universidades federais se auto-sustentarem. Quem não conseguir, seria privatizada.

  2. Marcela disse:

    E a lei que proíbe aumentos de funcionários públicos seis meses antes do término dos mandatos? Não vale? Não pode ser aplicada? A OAB não vai falar nada? Ninguém vai propor ação civil públi

    1. OAB é uma vergonha....não existe....cartório dos esquerdistas.

  3. CiroGomes disse:

    Tudo é montado para que o povão pague a conta. O verdadeiro sistemão corrupto é a manutenção desse sistema tributário tosco que penaliza o povo mais humilde. Tenhamos os EUA como exemplo!

    1. É isso aí: mais imposto direto sobre a renda dos supericos e menos impostos indiretos sobre o consumo q pune os pobres e protege os muito ricos.

    2. Ladroagem oficial que passa distante dos olhos inocentes do povão: Banco Central. Swap cambial, operações compromissadas. Enquanto bilhões são tomados do povo, a esquerda discute o direito do cor

    3. Enquanto isso, a esquerdinha radical petista fica discutindo pautas identitárias miúdas: o traseiro do viado, o suvaco cabeludo da feminista, a cota racial para o negro beiçudo, etc. ESTÚPIDOS!

    4. Aqui, se você propuser um sistema tributário mais progressivo como nos EUA, será taxado de comunista! Sinceramente, eu tenho é dó do Brasil!

    5. Os brasileiros que moram nos EUA não cansam de mostrar o quão os produtos têm preços baixos. Óbvio, o sistema tributário deles não penaliza o consumidor nem a produção!

    6. Imposto sobre herança nos EUA supera 40%. Aqui a média cobrada pelos Estados é de 4%. Já o ICMS estupra o consumidor. A gasolina é coisa de 50%. Tudo isso pra não tributar o andar de cima.

    7. 50% do que o país arrecada em impostos incide sobre o consumo. Na América, a maior parte do bolo vem de imposto de renda, imposto sobre heranças, imposto sobre lucros distribuídos aos sócios...

  4. Cleuza disse:

    Se Temer não vetar o reajuste do Judiciário, estará reforçando o Brasil das castas, onde juízes tomam vinhos de 30 mil reais e o resto do povo toma água contaminada com o cocô das castas.

  5. Alex disse:

    É O POVO SERVINDO..... ao governo. Não dá! Lembrem-se, nos últimos 30 ANOS foram governados pelo PSDB e PT, chegamos nessa deplorável condição por causa deles.

  6. RENATO disse:

    Pq nao tira do Bolsa Familia? O seguro desemprego deveria ser ate maior, pelo menos quem recebe trabalhou ja os coitadinhos do bolsa `PT nunca sequer sairam pra procurar emprego

    1. Realmente , Renato, o Bolsa Família é o grande culpado do rombo nas contas públicas. Os gastos com pessoal ineficiente e acomodado, não!

    2. Bolsa família é um programa redistributivo importante no combate a extrema pobreza. Deve se combater a fraude e garantir além da ajuda aos pais a escolaridade aos filhos q se libertarão do BF c re

  7. Valdir disse:

    É só privatizar tudo que o pais já fica no azul! Depois é ajustar o que fica no governo e mandando um monte de funcionário federal colocado lá pela esquerda, ineptos e larápios!

  8. João_RS disse:

    Infelizmente, o Brasil é dominado pelo lobby dos funcionários públicos. TODOS os problemas nas contas públicas é culpa do funcionalismo que recebe muito, acima do que o Estado aguenta.

    1. Verdade: assalto dos privilegiados. São anos de legislação concedendo privilégios e protegendo os corruptos. Chega! O povo votou em Mito para acabar com isso. A resposta das urnas foi clara.

  9. Cino disse:

    Bom seria tb o Mito esquecer o 23 para bolsa familia..que custa 6 vezes mais que o aumento do STF.

  10. RobertoRJ disse:

    Nunca assisti transição de governo, em que o eleito que ainda não assumiu, é pressionado pela grande mídia e outros idiotas, para dar solução imediata no que foi destruído no pais nos últimos

    1. Nunca viu? Não lembra que um dia após dilmanta ser eleita já se falava em impeachment? em estelionato eleitoral? Acostume-se! Este é o novo normal.

  11. RENATO disse:

    Privatiza gral, extingua os cargos comissionados, congele os aumentos do servidores publicos e farra dos concursos, reduza os bolsistas familia, diminua impostos e trave as pedaladas dos congresso

    1. Bolsonaro disse que cortará em torno de 30% de comissionados. Não haverá nem grandes cortes, nem grande economia. Nada mudará radicalmente.

  12. Indignado disse:

    Que interessante... Apresentar o abacaxi todos sabem agora, quando é hora de descasca-lo passam para outro... Banco de safados..

  13. Marcelo disse:

    Capitão: não é, por exemplo, cortando apenas 30% dos cargos em comissão do governo federal que se resolve o problema. Não descumpra as promessas de campanha .Tem muito 100% a ser cortado por aí.

    1. Já era. Tô vendo que é um capitão de merda. um mentiroso.

  14. Caco disse:

    Ministro de merda que senta no colo de um presidente hipócrita. Esse excremento do lulopetismo, Michel Temer, fez a lambança.

  15. Cino disse:

    Porque o Antagonista não diz quando vai ser dispendido pelo governo federal com o aumento do STF?? lembrando que 4 bi vai ser arcado pelos estados e municipios, e o 13 do B.F>?

  16. Glauco disse:

    temer não pode trair a Nação como fez o Congresso.

  17. Gustavo disse:

    Essas medidas só deveriam ser tomadas após o veto ao aumento dos marajás do stf. Seria muita desfaçatez do governo!

  18. Antonio disse:

    A consciência cívica dos "pulíticos" brasileiros passa primeiro pelo próprio bolso. Depois é só arrumar culpados, como os funcionários públicos concursados, as previdências etc.

  19. Jorge disse:

    Será que ninguém percebeu q é uma forma de sabotagem? O paspalhao sugere que Bolsonaro se queime com a turma q ainda acredita no pt.

  20. Ana disse:

    Somente eu não esqueci que, em 2016, o então deputado Jair Bolsonaro, assim como seu filho, votaram a favor do aumento do funcionalismo público? Naquela época era o "momento"?

  21. Massaaki disse:

    A partir de meados de fevereiro que o jogo começa de verdade... Tem de reaver todas as desonerações fiscais, incentivos, subsídio, subvenções etc. O Rota2030, o sistema S, a Zona Franca, acordos

  22. Ana disse:

    Vixi, mexer com salário desemprego e teto de professor é dar a faca e o queijo para o inimigo. Não tem outra gordura pra cortar?

  23. Esdras disse:

    Se Bolsonaro não se comprometer de ligar ou falar pessoalmente com Temer pedinto para ele vetar, não vai acontecer, ele Bolsonaro sabe disso.