ACESSE

Temer e Padilha serão testemunhas de Geddel no caso Calero

Telegram

Na próxima quinta, a juíza Diana Wanderlei, de Brasília, vai ouvir Michel Temer, Eliseu Padilha e Marcelo Calero numa ação de improbidade contra Geddel Vieira Lima.

Ele é acusado de, em 2016, ter pressionado Calero, então ministro da Cultura, a liberar projeto de um arranha-céu, no qual havia adquirido um apartamento, numa área histórica de Salvador.

Preso desde 2017 e já condenado pelo STF por organização criminosa e lavagem, Geddel irá à Quinta Vara da Justiça Federal assistir aos depoimentos, que serão feitos por videoconferência.

Comentários

  • Ruy -

    Como gritaria um famoso comentarista esportivo: "Esse depoimento não precisa nem ter! Vai dar empate!" Ninguém sabe nada, ninguém viu nada.

  • Sol -

    Brincadeira. As duas testemunhas são comprovadamente bandi/dos, corrup/tos, canalh/as que jamais falarão a verdade. Seria melhor dispensar estes dois trastes que deveriam estarem presos a anos

  • Nelson -

    Deveriam todos estarem em cana. Não tem ovelha branca nesse rebanho de acusados e testemunhas. Tudo escória da pior política brasileira.

Ler 4 comentários