Temer mudou (2)

Michel Temer, na semana passada, defendeu a campanha de Dilma Rousseff, negando o uso de dinheiro de propina.

Ontem à noite, questionado sobre o risco de cassação por parte do TSE, ele mudou o discurso:

“Se a chapa for cassada, eu vou para casa feliz. Ela (Dilma) vai para casa… Não sei se feliz”.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200