​Temer no corpo a corpo

Michel Temer aderiu à ofensiva para antecipar o julgamento final do impeachment.

Segundo O Globo, ele foi ontem a jantar na casa de Gilmar Mendes, onde estavam o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e pecuaristas.

“O Michel (Temer) disse que iria falar com Renan para que ele tentasse com o Lewandowski antecipar a data. Achamos que os prazos terminariam dia 22 ou 23, e não 25. Ele acha que dá para votar dia 24”, disse um senador.