Temer põe a mão no fogo por Moreira Franco

Com a Lava Jato no encalço do PMDB e, sobretudo, com a prisão de Sérgio Cabral, Temer tratou de declarar apoio aos seus.

Por meio do porta-voz da Presidência, Alexandre Parola, o presidente afirmou que confia “plenamente” em Moreira Franco, o responsável pelo seu programa de privatizações e ex-governador do Rio nos anos 80.

Mas não é preciso ir tão longe para encontrar motivos para Temer se preocupar com seu secretário. Moreira foi delatado pela Odebrecht e pela OAS à Lava Jato.

Faça o primeiro comentário