Temer quer novos áudios

A defesa de Michel Temer entrou com pedido no STF para ter acesso aos novos áudios entregues pela JBS à PGR na sexta-feira passada, inclusive à polêmica gravação de 4 horas.

6 comentários

  1. É bebé…mamar na gata o marizquinha não quer né? Isso tudo é armação do boca de hipopótamo do stf que novamente está em “viagem” prá Paris e reunido, na moita, com essa bandidada toda, objetivando melar a Lava Jato, assim como fez com a Satiagraha, e salvar seus bandidinhos de estimação…

  2. Essa estória do PGR ficar repetindo que as “provas” já apresentadas no acordo mega-sena feito com os açougueiros amigos do Procurador Miller, braço direito do PGR, continuarão válidas, confirma que ele não leu a Lei que regulamenta a Delação Premiada. Ou se leu não entendeu, porque ali está bastante claro que qualquer omissão, modificação ou adulteração, ensejará no imediato cancelamento do Acordo de Delação e em consequência todo o seu conteúdo. Até meu cachorro, que leu a Lei, entendeu isso. A preocupação do PGR e do seu então “braço direito” agora é rezar muito para que essa turma toda não querer abrir o bico de verdade, e o medo virar pânico.

  3. Meu Deus! Quantas malas de dinheiro encontrado no imóvel do Geddel!!!
    De quem é o dinheiro? De onde veio?
    O Brasil não sangra, o Brasil tem uma hemorragia incurável de crimes de corrupção!
    Contei na foto (UOL) 13 malas e caixas transbordando de notas de R$ 100.
    Geddel era o tesoureiro da quadrilha? ou o guarda-cofre??
    Geddel não era ministro e amigão do Temer?

    1. Era sim,também e com muito mais tempo foi ministro do Lula e atuou na Caixa no governo Dilma,este cara roubou muito junto com o PT.

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.