Temer sugere que STF seja indicado pelos três Poderes

Na entrevista que concedeu mais cedo, Michel Temer defendeu mudanças nas regras de indicação para o STF, com participação dos três Poderes na escolha dos ministros –em vez de a definição ser apenas do presidente, como é hoje.

Temer lembrou que, quando era deputado constituinte, nos anos 80, propôs uma fórmula pelo qual o Supremo se concentraria em “questões constitucionais” e teria nove membros, três indicados por cada Poder –Executivo, Legislativo e Judiciário– e com mandatos de 12 anos, renováveis.

A proposta não passou na Constituinte. “”Mas eu ainda mantenho um pouco essa ideia de que, se nós tivéssemos um Supremo com indicação (…) do Judiciário, do Legislativo e do Executivo, eu penso que seria mais útil”, disse o presidente.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Entendo que a fórmula de indicação de ministros do STF previsto na Constituição Federal deveria ser alterada para concurso público de provas e títulos com as garantias constitucionais indicadas na atual Constituição e com isso se evitaria a indicação política, a troca de favores e só estaria por lá juristas de comprovada idoneidade moral e intelectual.

Ler mais 115 comentários
  1. Entendo que a fórmula de indicação de ministros do STF previsto na Constituição Federal deveria ser alterada para concurso público de provas e títulos com as garantias constitucionais indicadas na atual Constituição e com isso se evitaria a indicação política, a troca de favores e só estaria por lá juristas de comprovada idoneidade moral e intelectual.

  2. Aqui não dá pra escrever tudo o que eu gostaria que a população pense a respeito. Ministros do STF só por CONCURSO PÚBLICO e só poderia participar Desembargadores com idade máxima de 50 anos. Estes Ministros seriam Desembargadores licenciados por no máximo 8 anos, nada de aumentos de salários e/ou benefícios, irão receber os mesmos salários/benefícios de suas funções como desembargadores, não poderão ultrapassar a 8 anos como ministro, o concurso será de 8 em 8 anos e retornam as suas funções normais ao cumprirem os 8 anos como Ministros. Nenhum poder indicaria NUNCA um Ministro, nenhum deles seriam ligados a nenhum dos 3 poderes, julgariam apenas casos de duvidas constitucionais e todas as prisões seriam a partir da segunda instância.

  3. Do jeito que o Brasil é hoje, continuaria tudo na mesma pois os 3 poderes estão corrompidos. Poderia piorar em termos do tempo e desgaste necessário para se eleger os nove membros. Mas para que simplificar enquanto podemos complicar … e aumentar o tamanho da máquina pública e de sua burocracia … né?

  4. Senhor Presidente, o Supremo não é, e não merece, de ser formado por escolhidos como num Conselho de Administração de uma empresa qualquer. Essa proposta é uma avacalhação, um escárnio, com origem no ideário político do Brasil atual. Balcão de negócios em qualquer lugar e a qualquer hora. Por que não pode ser uma escolha originada da classe jurídica, pura simplesmente? Santo Cristo, é preciso paciência!!!!

  5. Que tal um concursinho básico, como o exigido para admissão em qualquer cargo público? Evitaríamos o lesivo expediente do apadrinhamento político/institucional! E evitaríamos figuras despreparadas para uma função tão estratégica para o funcionamento harmônico da república, indicadas por padrinhos políticos em função de seus serviços advogatícios prestados à partido político alçado ao poder! E outras aberrações mais!

  6. Discordo! O ministro do STF tem os melhores serviços prestados à população de um modo geral e não o quê vai prestar para acobertar políticos corruptos e saqueadores da nação!

  7. 1)A primeira coisa a ser revista é o papel de cada instância. O Supremo, a exemplo do que acontece em todo o mundo desenvolvido, deveria se limitar a causas constitucionais. 2) Os membros do Supremo deveriam ser, todos, da carreira de juízes federais. Não porque juízes sejam mais inteligentes do que ninguém, mas porque, ao contrário de advogados, promotores, e palpiteiros, sempre tiveram como profissão balancear o que dizem os dois lados, pensar em isenção, e nas consequências de seus atos. 3) Na mesma linha, a escolha poderia ser do presidente, mas dentro de uma lista tríplice apresentada pelos juízes do STJ. 4) A escolha deveria continuar a passar pelo Senado, mas deveria ser criticada. Lembrando, se Lula escolheu um horroroso Toffoli, sua oposição (PSDB, etc) no Senado o aprovou sem pro

  8. Sempre soube que falar ao pé do ouvido com a mão escondendo o que se fala era de extrema má educação. Cada qual torce por seus interesses escondendo assim o que se fala. Ninguém sabe quem está do lado de quem. Por isto cuidado leitores labiais.

  9. Concordo, assim como concordaria que o governo escolhesse os seus Ministros por capacidades e conhecimentos das pastas a que fossem indicados. Isso não acontece e, todos são ” indicações políticas” . Um verdadeiro saco de gato onde os partidos mandam e o governo obedece. Mudem esse critério para que tenham moral para fazerem sugestões em outros setores.

  10. E eu sugiro ao presidente que os membros do STF sejam escolhidos através de eleições gerais. Ou então que prestem concurso para tal, garantindo uma corte de notáveis.

  11. A isenção só se dará, se os Ministros forem concursados e, com exercício do cargo de no máximo 08 (oito) anos. Certamente que, mediante concurso público, não teremos integrantes da mais alta Côrte sem o “notório saber jurídico”, como acontece atualmente.

  12. A idéia de mudanças já é um bom propósito. Nessa altura, já ficará para o próximo presidente. Vamos focar nas mudanças, mesmo sabendo da grande resistência.

  13. Não Temer! Está temendo o quê? Ministros não devem ser indicados por ninguém! Deve ser por concurso público! Acorda Temer, pois o povo está acordando. Chega dessa bandidagem dos políticos!

  14. Tem que mudar o método, deve ser seguro no sentido de impedir que um dos poderes leve vantagem sobre os demais, deve ser isento de sacanagem e corrupção, não poderá ser feito como as loterias da CEF.

  15. Creio que o método de seleção deve ser pelo que tiver menos revisão de suas decisões em tribunais superiores, isto porque é o indicativo que o juiz é altamente competente e comete muito pouco erros. Obrigatoriamente o juiz deve ter pelo menos 5 anos como juiz titular e o mandato deve ser no máximo de 12 anos.

  16. A única maneira DECENTE para se constituir um corpo sadio no STF é através de concurso. A bancada dos jurados poderia ser formada pelos melhores juristas desse país, sem qualquer tipo de vínculo partidário e, obviamente, ficha limpa.

  17. Acho que demonstrada a capacidade do candidato a vaga de ministro do STF, um bom método seria o sorteio e a permanência no cargo pelo tempo de cada governo. Depois renovaria cada pleito.

  18. Só por politicos NEGATIVO. Tem que haver um mix com a sociedade através de notaveis, concurso publico, entrevista, criterios rigorozissimos de experiencia passada comprovada, etc.

  19. Seus bestalhões.
    Quem controlará os concursos ?
    Ou acham que vem do céu ?
    Preparará provas, aplicará, corrigirá, etc, etc ?
    Chega de ditadura corporativa e cleptocrata.
    Poder ao povo de verdae !

  20. Concurso público para ministro do Supremo.
    Nunca vi nada mais corporativo e sem sentido.
    Eleição sim, e para juiz também .
    Essas corporações estatais fechadas dentro de si mesmas não
    passam de nobrezas e cortes absolutistas.
    Afundam o País a casa segundo.

  21. A suprema corte deveria ser composta por membros que passassem em concurso público (interno) nas 5 regiões do país, no ãmbito de cada uma das entidades jurídicas a saber: OAB; MP estadual; JUDICIÁRIO estadual; MP federal; JUDICIÁRIO federal. Os 5 melhores de cada instituição seriam submetidos a provas de títulos, exame médico e a partir de então SORTEIO (cada um pega um envelope espera-se o sorteio e depois todos abrem os envelopes. Isso definiria quais representariam sua categoria na regiã, posteriormente no sorteio nacional e finalmente quais (representantes de cada uma das entidades citadas no início) iriam para o sorteio ao STF. Quem quer que fosse eleito não deveria favores a ninguém, elimina-se essa sabatina senatorial inócua.

  22. César B disse: 4 de Maio de 2018 às 18:16
    Esse é malandro , liso…!!!
    Nada disso, político não tem que escolher juiz , coisa nenhum, pois eles perderam a moral para tanto…!!!
    OS JUÍZES PARA O STF TEM QUE SER DE CARREIRA , COM HISTÓRICO DE JULGAMENTOS DE BOM NÍVEL, E , OS MESMOS, TEM QUE SER SUBMETIDOS A UM CONCURSO INTERNO PARA QUE SEJA ESCOLHIDO OS MELHORES. MERITOCRACIA , ANTES DE TUDO..!!!
    E, TODOS, TEM QUE SE SUBMETER A UM MANDATO, NADA DE PODER VITALÍCIO…!!!!

  23. TEM QUE SER POR CONCURSO!!! Mandato de 8 anos como os Senadores. Quer continuar a ser ministro, que preste o concurso novamente. O cargo é MUITO importante para se ter indicados, e ainda por cima, vitalícios.

    1. Ministros de tribunais superiores devem ser juízes concursados e indicados através de escrutínio aberto por seus pares. Acabar com essa palhaçada de colocar gente estranha à classe dos juízes. Juizs emprestados autoritários e cheios de pose.

  24. Nada de indicação política … Meritocracia é o critério mais democrático e justo … Indicação politica dá em Tofolli, Gilmar, Lewandowski, M. A. Melo, e por aí vai …

  25. Temer tem razão em relação a sua velada crítica ao atual STF, embora possamos suspeitar que suas indiretas se referem a não existência de uma maioria necessária para livrar os coronéis que o viabilizaram no poder justamente para isso… Não era nem para haver essa possibilidade, a existência do Bando dos 5 denota algo realmente muito errado. Mas porque o expert em matéria constitucional não lembra que se houvesse um senado de homens ilibados esses perfeitamente serviriam de corregedoria, “impichando” ministros em julgamentos políticos em cima de um pretexto qualquer. Acredito que o cargo no STF deveria fazer parte do plano de carreira dos desembargadores.

  26. Pra quem? Temer deveria dizer a quem serviria a utilidade do STF. Eu acho que do jeito que está não há nenhuma utilidade pra temer…Um presidente que se diz advogado de direito constitucional. Falar em STF Útil é brincadeira…..

  27. Esse é malandro , liso…!!!
    Nada disso, político não tem que escolher juiz , coisa nenhum, pois eles perderam a moral para tanto…!!!
    OS JUÍZES PARA O STF TEM QUE SER DE CARREIRA , COM HISTÓRICO DE JULGAMENTOS DE BOM NÍVEL, E , OS MESMOS, TEM QUE SER SUBMETIDOS A UM CONCURSO INTERNO PARA QUE SEJA ESCOLHIDO OS MELHORES. MERITOCRACIA , ANTES DE TUDO..!!!
    E, TODOS, TEM QUE SE SUBMETER A UM MANDATO, NADA DE PODER VITALÍCIO…!!!!

  28. O STF, tem que ser cargo de carreira, admitido por concurso público e, a medida que os elementos do supremo tribunal completarem 75 anos de idade, ocupa o cargo aquele a espera da vaga.Dessa forma, o julgamento dos processos, seja contra que for, será imparcial e honesto à bem do serviço público. Não há outra forma desse país chegar ao seu ápice de liberdade e constitucionalidade.

  29. Concordo em todos os sentido com RONALDO, CONFORME SUA POSTAGEM. TEM QUE SER JUIZ DE CARREIRA.
    “Ronaldo disse:
    4 de Maio de 2018 às 17:26
    Nada disso, tem fazer provas, ter sido Juiz de carreira, ter no minimo 20 anos de magistratura, ai sim seria pessoa preparadas.”

  30. Tendo em vista a tragédia representada por Gilmar, Toffoli e Lewandowski, gostaria de deixar registrado a melhor proposta para escolhas de ministros do STF.

    1) concurso público com 300 questões jurídicas objetivas, do tipo V ou F, uma resposta errada anulando uma correta, para serem respondidas em 300 minutos (busca-se, assim, os melhores com QI jurídico);

    2) dentre os dez primeiros colocados, votação em pleito majoritário, em dois turnos pelo zé povim brasileiro, dando-se acesso ao currículo e um vídeo de apresentação de 1 hora de cada um dos candidatos no site do STF; e

    3) mandato fixo de 15 anos.

    Creio ser essa a melhor forma de escolha de ministros do STF, devendo-se aprovar regras similares para escolha dos demais integrantes dos tribunais superiores e dos tribunais de contas.

  31. EU DISCORDO. PRIMEIRO PORQUE É O TEMER. NELE, COMO LULA, DILMA, AÉCIO, RENAN, COLLOR, E MUITOS OUTROS NEM AS MÃES CONFIAM. SEGUNDO PORQUE OS TRÊS INDICADOS PELO JUDICIÁRIO PERDERIAM SEMPRE PARA OS SEIS (SUSPEITOS) INDICADOS PELOS OUTROS DOIS PODERES. COMO NÃO PODEMOS CONFIAR EM POLÍTICOS, SUGIRO QUE A LISTA SEJA SEMPRE ELABORADA PELO JUDICIÁRIO. TALVEZ DAQUI A 15 MIL ANOS MELHORE.

  32. CONCORDO…
    E CADA INDICADO
    DEVERIA SER
    SABATINADO
    PELOS 3 PODERES.
    E CONCORDO AINDA
    MAIS COM O TEMPO:
    12 ANOS…SERIA
    SUFICIENTE PARA
    CADA UM REALIZAR
    UM TRABALHO
    COESO E SEM
    FUTRICAS.

    1. Juizes já concursados…obviamente…com tempo determinado para não se sentirem donos do “pedaço”…

  33. .
    Como pode a PGR Raquel Dodge ainda não ter feito a 3ª denúncia contra ele.
    .
    Todos sabem que ela foi a escolhida de Temer para o cargo.
    .
    Um absurdo sem tamanho !
    .

  34. Concordo. O STF devia ser ser só uma Corte constitucionalista, com os ministros tendo mandato; no caso da indicação do Poder Judiciário, os tribunais poderiam indicar os membros em listas. Apenas juízes de carreira, talvez. Mas qual o critério dos indicados no Poder Legislativo, por exemplo? Um advogado que tenha defendido a maioria dos parlamentares? E quanto à possibilidade de investigar ministros e mecanismos mais fáceis de retirá-los quando cometem crimes. Cadê?

  35. Para quaisquer dos Tribunais Superiores, Tribunais Regionais e Tribunais de Justiça Estaduais, os ministros e desembargadores serão oriundos exclusivamente da magistratura de carreira, e sempre que necessário escolhidos através de votação pelos membros do próprio Tribunal.

  36. ERRADO! O STF tinha que ser composto apenas por juízes de carreira! Assim não teríamos advogados agindo como advogados, como Tóffoli, esquecendo-se que não é mais advogado. Ou fantoches como o Marco Aurélio e Lewandovski, os quais nunca fizeram concurso público para os cargos públicos que exerceram até hoje na carreira jurídica, mas sempre foram nomeados por causa de amizades com o poder.
    Isso é uma aberração!

  37. Mudanças com certeza precisa… Atualmente basta ter “notável saber jurídico” – não acho isso suficiente…. o ideal é que os candidatos além de juízes possuíssem extensa prática jurídica e acadêmica além de idade acima do 50/60 anos … talvez assim os candidatos fossem mais éticos e respeitosos conosco que ficamos assistindo este circo que se tornou com as atuações principalmente de Gilmar, Lewandowski e Toffoli (Marco Aurelio e Celso de Mello em menor conta).

    1. Sinto, mas você está enganado. Não precisa nem ser juiz para ser ministro do STF. Toffoli é um exemplo disso, que nunca passou de nada além de advogado… do PT.

  38. Temer é o melhor. Ele está dizendo que o STF está “falido”. Sendo presidente ele renuncia a essa prerrogativa e sugere mudar a forma de nomeação dos ministros. Ele é um estadista. Nenhuma outro candidato teve coragem de mexer com o STF.

  39. Ele já sabe que o Bolsonaro será o próximo Presidente e não quer permitir que ele escolha os próximos 4 Ministros, nessa ordem:
    – Primeiro, o decano
    O próximo presidente fará sua primeira nomeação no STF com a aposentadoria do decano Celso de Mello, em 1º novembro de 2020.
    – Marco Aurélio em 2021
    O ministro Marco Aurélio chegará aos 75 anos em 12 de julho de 2021, e o presidente da República escolherá o seu substituto.
    – Mais dois em 2023
    Os ministros Ricardo Lewandowski e Rosa Weber chegarão aos 75 anos em maio e outubro de 2023, respectivamente.

  40. Vai ser mais um lugar com assento garantido para os políticos, tal qual foram e são os Tribunais de contas, onde se esquece o técnico e se premia o político. Porque que não condicionar a escolha dos Ministros do SRF dentre os desembargadores dos Tribunais Regionais Federais, dos desembargadores dos tribunais de justiça, ou dentre os integrantes dos ministros do STJ? Já, já farão rodízio e com certeza prevalecerá o critério político ao do técnico, ou seja prejuizo a todos.

  41. NÃO É POSSIVEL QUE CONTINUEM COM ESSA IDEIA DE CORRUPTOS INDICAREM CORRUPTOS . ASSIM NÃO SAIMOS DO BURACO. VAMOS ESCOLHER ONZE MAGISTRADOS CONCURSADOS DA JUSTIÇA FEDERAL MEDIANTE LISTA DAQUELES QUE TIVEREM MAIS DE DEZ ANOS DE SERVIÇO. A ESCOLHA SERIA PELOS SEUS PARES, EM SERVIÇO. TENHO ABSOLUTA CERTEZA QUE TERIAMOS MELHOR QUALIDADE QUE CORRUPTO INDICANDO CORRUPTO.

  42. Concordo com Temer e iria mais longe,as indicações para o STF deveriam ser feitas pela AJUFE – Associação de Juízes Federais . Não dá para suportar essa segunda turma bolivariana indicada por Lula e Dilma.

  43. As indicações ao STF deveriam ser feitas por advogados, OABs, juízes e promotores, com mandatos de no máximo 10 anos, sem renovação. Poderiam até ser sabatinados pelo Congresso, mas jamais indicados por estes.

    1. Ele já sabe que o Bolsonaro será o próximo Presidente e não quer que ele escolha os próximos 4 Ministros.
      Primeiro, o decano Celso de Mello, se aposentará em 1º novembro de 2020.
      Em seguida, o ministro Marco Aurélio chegará aos 75 anos em 12 de julho de 2021.
      Mais dois se aposentarão em 2023. Os ministros Ricardo Lewandowski e Rosa Weber chegarão aos 75 anos em maio e outubro de 2023, respectivamente.

  44. A ORCRIM ESTÁ ENRAIZADA NOS 3 PODERES. O FATO DE SER INDICADO POR 1, 2 OU PELOS 3 PODERES DARÁ NO MESMO: BANDIDOS INDICANDO BANDIDOS PARA JULGAR E PROTEGER BANDIDOS.

  45. Eu prefiro que o STf seja indicado por um presidente que não seja do pt, psdb, pmdb, ou puxadinhos, ou que não atenda ou ouça as bancadas desses partidos na hora de indicar os 3 próximos ministros. Só Jair Bolsonaro entra nesse perfil. Ou isso, ou um belo de um concurso público bem difícil, entre desembargadores, juízes de carreira, etc.

  46. Esse $TF só existe para der HC para políticos CORRUPTOS que os indicaram para o cargo vitalício mais bem remunerado da face da terra. Mais até que a RAINHA DA INGLATERRA

  47. Congresso 6X3 Judiciário.
    ADIVINHEM QUAL SERIA O RESULTADO DA CONTENDA??? SEMPRE A POLITICALHA CORRUPTA NA FRENTE NÉ, POIS LÁ ELLES SEMPRE SE ENTENDEM!!!

  48. Muito simples ; Concurso Público.
    Chega do “QI” quem indico ou esse é o meu ministro.
    Não condenam ninguem.
    Deveriam ser todos expulsos e sem direito as polpudas aposentadorias.
    O STF parece mais uma bunda : solta ‘presos’ facilmente.

  49. JUDICIÁRIO = STF = CORRUPTOS E PROPINEIROS. . .. . . . . . . . . . . . . . LEGISLATIVO = CORRUPTOS e PROPINEIROS. . . . . . . . . . . . . . . . . EXECUTIVO = PRESIDENTE CORRUPTO e PROPINEIRO.

  50. Lista tríplice de Juizes concursados, indicados pela classe. à escolha do Presidente da República. Qualquer falha funcional dos eleitos , ficará sob inteiramente responsabilidade da classe. Um Gilmar, um Lewandowski, um Toffoli etc.etc. NUNCA MAIS.

  51. Indicado pelos três podres poderes da República??? O Mordomo do Drácula quer que tudo continue como dantes no quartel de Abrantes para os ratos continuarem com a festa. Engana tontos!

  52. Veja o ranking da vitória alheira:
    Feijoada: 26,4%
    Bunda: 20,3%
    Não haver guerra: 11,7%
    Nem terremotos: 10%
    Ter muita água: 8,6%
    Ser parasita do Estado: 5,4%
    Ser inimputável: 2,2%
    Ir à disney: 1,7%
    Ter carro da empresa: 1%

  53. Ao invés de indicações “sem segunda intenções de favores futuros” , porquê não concurso destinado a desembargadores e Juízes de carreira, após prévia seleção de conduta ao longo do desempenho no serviço público, realizada pelo próprio STF !? Fica muito estranho um Advogado ser “pescado” por um Presidente Corrupto para assumir a cadeira de Ministro da suprema corte e depois Advogar em favor do seu padrinho político.

  54. A fórmula mais Sensata seria O PCC indica três, O Comando Vermelho indica três. A Família do Norte indica três e o PT indica 2. Assim teríamos representações de todas as Quadrilhas formalmente estabelecidas.

  55. TERIAMOS.JUIZES COMPLETAMENTE ALINHADOS COM O CORRUPTOS LEGISLADORES E OS CORRUPTOS DO EXECUTIVO. JUIZES DA SUOREMA CORRE DEVEM PASSAR POR MERITOCRACIA E SER COMPLETAMEBTE INDEPENDENTE DOS OUTROS PODERES

  56. Bastaria que os candidatos tivessem preparo, fossem gente decente e defendessem os bons costumes. Ocorre que a ORCRIM se infiltrou há tempos no judiciário. Como admitir q o castigo para um juiz que vende sentenca seja aposentadoria com salário integral? Como admitir o quinto constitucional, q terminou levando ao STF o filho da vizinha ou um reprovado duas vezes em concurso de juiz. Fora JBarbosa, selecionado, mais q nada, pela cor da pele?
    No Brasil, como está hoje, é mais atrativo ser desonesto e vagabundo pq as leis estao sendo aplicadas contra o cidadao de bem.

  57. Veja o ranking da vergonha alheia:
    Bostossauro: 26,4%
    Michel Temer: 20,3%
    Governo: 11,7%
    STF: 10%
    Abílio Diniz: 8,6%
    Datena: 5,4%
    Faustão: 2,2%
    Neymar: 1,7%
    Cagão bueno: 1%

  58. STF tem que ser composto por juízes federais de carreira, com 50 anos no mínimo, com especialização, mestrado e doutorado.
    Deve ter vida profissional e pessoal ilibada durante todo o exercício da função jurisdicional.
    Pra completar deve fazer parte de tribunais de segunda instância em diante por no mínimo 5 anos.

  59. STF, antro de bandidos togados, deve ser dissolvido, quando houver a Intervenção Militar. Doidinha para ver a cambada de urubus, com algemas, marchando para a prisão! O “beiçola” puxando a fila. Kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  60. O único poder que poderia indicar ministro do supremo é o Judiciário. Mandato de 08 anos e juiz com notável saber e mínimo de 20 anos na função. Legislativo e executivo indicando vira o que estamos assistindo.

  61. Temer que acabar de vez com o Brasil, cadeia nele. Socorro MPF, socorro Moro, Socorro PF, socorro zorro, socorro Chapolin Colorado, Socorro Antagonistas, socorro Batman, Socorro Satã.

  62. Indicação por um Congresso repleto de bandidos, por um Executivo repleto de bandidos e um Judiciário que tem o segundo Comando no Supremo Bacanal? Ele sugere trocar seis por meia dúzia? Está debochando da inteligência do povo brasileiro, que está farto de chicana, impunidade, defesa de criminosos e bandidos egressos dos três poderes.

  63. Organizações criminosas como executivo e legislativo não podem indicar ministros do STF. Alguns ministros indicados pelo executivo coloca suspeição por suas condutas e julgamentos. O STF está totalmente desmoralizado justamente por estar envolvido politicamente.

  64. O mais correto é fazer concurso público para ministro do STF e que tenha pelo menos a carteira da OAB.
    Nesse caso estaríamos livres do Tóffoli e o mandato seria de apenas dois anos, para evitar que criem raízes danosas à nação como estamos vendo hoje com os três patetas.

  65. Só sei que este STF é uma excrecência…uma vergonha para a raça humana.
    São VERMES vermelhos intestinais. Sugam e solapam a nação Brasileira. Causam instabilidade jurídica e achincalham o caráter do brasileiro.
    TEMOS VERGONHA e asco desses CANALHAS.
    Precisamos de uma nova constituição para arrancar das tetas da republica carcomida e corruptas todos essa oligarquia nojenta.