Temer tem de se separar de Dilma

Michel Temer tem e separar suas contas das de Dilma Rousseff.

Os depoimentos da Odebrecht foram bons para ele, pois ninguém o acusou de ter pedido diretamente dinheiro sujo para a campanha presidencial.

Ao mesmo tempo, Marcelo Odebrecht, Benedicto Júnior e Fernando Reis confiram ao TSE aquilo que já sabíamos: Dilma Rousseff e Michel Temer foram eleitos com dinheiro de caixa dois e de propina, em ambos os casos arrecadados pelo PT.

Diz a Folha de S. Paulo:

“Após o depoimento de Marcelo Odebrecht à Justiça Eleitoral, o Planalto passou a ver a separação da chapa Dilma-Temer — ou, ao menos, da responsabilidade sobre as contas — como única maneira para que o presidente se salve.

A avaliação é a de que a fala, respaldada pela homologação da delação no Supremo, é suficiente para a cassação do mandato caso a corte decida pela unidade da chapa presidencial. Em caso de separação, a aposta é a de que o presidente ainda pode sobreviver”.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200