ACESSE

Temeristas enterram, de novo, 'PEC das Diretas'

Telegram

Fracassou de novo a tentativa de votar a PEC que permite eleições presidenciais diretas se os cargos de presidente e vice ficarem vagos até seis meses antes do fim do mandato, informa O Globo.

Há seis meses a CCJ da Câmara adia a análise da matéria, e o governo de Michel Temer sempre orientou seus aliados a obstruir a votação.

Apresentado no ano passado, o projeto ganhara força em maio, depois que as conversas de Temer com Joesey Batista vieram à tona. Agora, já perdeu o gás.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 6 comentários