Teori, assistente de defesa

Vera Magalhães, da Veja.com, noticia que “A defesa de Marcelo Odebrecht usará a decisão do ministro Teori Zavascki, que concedeu habeas corpus a executivos do grupo, para driblar a necessidade de voltar à estaca zero nos recursos para libertar o empresário… No despacho, o magistrado observou que a decretação de prisões sucessivas é uma forma de obstruir o acesso a recursos. Assim, a defesa de Marcelo irá pular o TRF e recorrer direto aos tribunais superiores”.

Boa, Teori Zavascki. Além de fatiar e libertar, o senhor agora também assiste a defesa de réus da Lava Jato.