TEORI FATIA DELAÇÃO DE MACHADO

Teori Zavascki fatiou a delação de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, gerando assim quatro novos procedimentos investigatórios no STF. Diferentemente de outras colaborações, a de Machado não estava associada a nenhuma investigação anterior.

A delação de Machado serviu de base para que a PGR fizesse aquele pedido (frustrado) de prisão contra José Sarney, Renan Calheiros, Romero Jucá e Eduardo Cunha.

Os trechos desmembrados trazem menções a Michel Temer, que não poderá ser investigado enquanto estiver na Presidência. Também há citações a Henrique Alves, Ideli Salvati e Aécio Neves.

Faça o primeiro comentário