Tereza Cristina vai à China para tentar ampliar exportações brasileiras

A partir de amanhã, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, inicia uma viagem de duas semanas por vários países asiáticos, incluindo a China.

Lá, a ministra discutirá sobre a exportação de alimentos geneticamente modificados e promoverá os produtos agropecuários brasileiros no mercado chinês.

Como registramos há pouco, Jair Bolsonaro anunciou neste domingo que a China autorizou a importação da gordura comestível de carne de porco brasileira.

O general Hamilton Mourão também fará a viagem.

HÁ UM NOVO PODER EM BRASÍLIA. E UMA NOVA PODEROSA. LEIA AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. André disse:

    Mais uma que vai viajar para ralar a buç@ com o dinheiro do povo.

Ler comentários
  1. Josias disse:

    Povo mais sem noção , não sabe nem diferenciar um regime do outro ,por isso o Brasil ta entrando num regime nazista e dizendo que é democrático, somente os nazistas aperseguem quem não concorda

  2. Ozzy disse:

    Quem está se dando bem é a JBS americana financiada pelo BNDS na época do Sapão e da Mulher Sapiens.

  3. Rosa disse:

    Triste esses comentários infelizes que não ajudam em nada o Brasil. O problema não é o professor Olavo não. São essas polêmicas que só beneficiam a esquerda e gente que se diz do governo cain

  4. Massaaki disse:

    Vai vender nossas pururucas de microondas e banha de porco-javalis orgânicos! Kkkkk

  5. CLECIO disse:

    Demita ela capitão!!! A China é comunista! Olavo! Nos salve!!!

  6. Augusto disse:

    Faz todo sentido que o General Porcão vá na comitiva.

  7. ZEZECO disse:

    Nao abre as pernas para a chinesada,ministra,pois tao desesperados por carne e cereais baratos para alimentar os bilhoes de chineses famintos.A criacao de porcos deles foi dizimada por uma peste.

    1. O Brasil vai vender, não vai doar. E, já que há demanda, que paguem o preço que for cobrado. Dinheiro para isso eles tem.

  8. Altair disse:

    Vamo lá, então!!! Sugerimos ao Bolsonaro "Mais Xangai" e "Menos Nova York". Pelo menos não vimos nenhum chinês xingar Bolsonaro, falar qualquer coisa contra o Brasil, reagir ao governo BR.

    1. São comunistas, mas são o maior parceiro comercial que o Brasil tem na atualidade.

  9. GAC disse:

    Vamos ver se essa latifundiária anti-fiscalização faz alguma coisa de útil.

  10. Carlos disse:

    Vendo fhc na Globo News, tentando ajustar um discurso. Lembrei da cara dele, no confronto com o Mainard, no Manhattan connection... Kkkk (fhc: língua solta)

  11. Mello disse:

    Logo logo virão os mesmos de sempre chamar de comunista, marxista e traidora.

  12. Massaaki disse:

    Parabéns n comércio não é ideologia! 👏👏👏👏👏👏👍👍👍