"Terminou muito bem", diz Barroso sobre eleições

“Terminou muito bem”, diz Barroso sobre eleições
Reprodução/TSE/YouTube

Em balanço sobre a votação de ontem, Luís Roberto Barroso disse que o TSE conseguiu “fazer as eleições com grande sucesso em meio a uma pandemia”.

“Na vida às vezes a gente não tem controle sobre o que acontece, mas sobre como a gente reage. Terminou muito bem”, afirmou o ministro, em entrevista à imprensa.

Falou em nível “muito baixo” de abstenção — 23,14% dos 147,9 milhões de eleitores não compareceram (abaixo, os números completos, em comparação com eleições passadas).

“Conseguimos que a população brasileira comparecesse às urnas seguindo os protocolos de segurança. Quando tudo começou, temia-se não apenas abstenção elevadíssima, mas também debandada de mesários. Tínhamos plano B com universidades e plano C com Forças Armadas”, disse o ministro.

Sobre o atraso na divulgação dos resultados, Barroso disse que, “apesar da chateação”, “conseguimos divulgar o resultado no mesmo dia em que se realizaram”.

Voltou a afirmar que não há risco de fraudes.

“O TSE só faz a totalização. O resultado sai da própria urna após o término. Para quem gosta de voto impresso, vamos passar a distribuir esse boletim impresso que sai com os resultados.”

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO