Terroristas torpes e covardes atentaram contra O Globo para salvar o chefão

O atentado ao jornal O Globo é intolerável, por se tratar de ameaça à liberdade de imprensa, um dos pilares da democracia representativa, goste-se ou não da imprensa.

O episódio de hoje é tão mais grave porque foi executado por meliantes a soldo de uma organização criminosa ligada a partido político. Além de calar a imprensa, os seus idealizadores querem constranger juízes honestos e dar pretexto aos desonestos, a fim de livrar o poderoso chefão da cadeia. Para isso, contarão com aqueles que, com mais ou menos dissimulação, culparão a vítima.

A única verdade é que os autores e perpetradores do atentado contra O Globo são terroristas — e, como terroristas, são torpes, covardes. E, como terroristas, devem ser presos, julgados, condenados e enfiados na cadeia, para fazer companhia ao chefão.

Comentários

  • João -

    Eu só queria entender porque a Globo silenciou sobre ato terrorista em seus telejornais, Jornal Nacional e RJ TV. Me esclareçam, Diogo, Mário e Cláudio, por favor. Estou boiando....

  • Wescley -

    O problema é que a Globo é uma dessas entidades que querem dar pretexto para salvar o nove dedos.

  • El -

    Esses canalhas sempre colocam mulheres à frente porque sabem que nós, homens machistas, não vamos agredi-las. Se esconder atrás de mulheres e crianças é tática de guerrilha! Cristãos têm a obrigação de proteger a mulheres e crianças. Eis a diferença fundamental.

Ler 352 comentários