Testes podem não detectar nova variante do vírus, diz Anvisa

Testes podem não detectar nova variante do vírus, diz Anvisa
Foto: fernandozhiminaicela/Pixabay

Por meio de nota, a Anvisa alertou para a incapacidade de determinados testes detectarem a variante do novo coronavírus inicialmente encontrada no Reino Unido.

De acordo com o sequenciamento feito por cientistas britânicos, a nova cepa tem 14 mutações, uma delas relacionada ao gene S do vírus. Diz a Anvisa:

A variante VUI 202012/01 identificada em diferentes países apresenta mutação que afeta o gene S, utilizado como alvo em diferentes ensaios diagnósticos, o que pode levar à incapacidade de detecção do vírus se este for o único alvo ou referência do modelo diagnóstico.”

A variante, chamada de B.1.1.7, já foi registrada em mais de 30 países, incluindo o Brasil. Pelas primeiras análises, a nova cepa é até 70% mais contagiosa.

 

Leia mais: Em pouco mais de um mês no STF, o ministro Kassio Marques se alinha à ala anti-Lava Jato.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 14 comentários
TOPO