"Tinha gente que dizia: 'Esse macaco não tira nem 100 votos'"

“Tinha gente que dizia: Esse macaco não tira nem 100 votos'”
Foto: Reprodução/Facebook/Nilvan Ferreira

O candidato derrotado em João Pessoa, o radialista Nilvan Ferreira (MDB), que tentou se descolar da imagem de bolsonarista no segundo turno, disse ter sofrido ofensas racistas na campanha.

“Eu fui muito criticado nessa eleição. Tinha gente que dizia: ‘Esse macaco não tira nem 100 votos’. E eu tive mais de 163 mil. Eu saio dessa eleição como um negro muito orgulhoso.”

Ferreira, que recebeu 46,84% dos votos válidos, afirmou que “a Covid-19 tirou muita gente das urnas”, e acusou a campanha do adversário, Cícero Lucena (PP), de promover “um derrame de dinheiro e cesta básica” na última semana.

Lucena, eleito com 53,16% dos votos válidos, considerou que “o eleitor de João Pessoa fez a opção pela segurança, pela experiência, pelo compromisso de cuidar dessa cidade nesse momento de crise”.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO