“Tio, Bel. Você consegue mais 50 acarajés quentinhos?”

Após reanálise de todos os emails funcionais apreendidos em servidores da Odebrecht no ano passado, a Lava Jato identificou uma série de mensagens entre Hilberto Mascarelhas e Roberto Prisco Ramos sobre a entrega de “acarajés”.

Em 27 de janeiro, Hilberto envia email a ramos: “Seus acarajés chegaram quentinos”. Na sequência, o executivo responde e faz um novo pedido de “acarajés”.

Ele se refere a Hilberto como “Tio Bel”.

“Tio Bel, Você consegue me fazer chegar mais 50 acarajés na 4a Feira àtarde (por volta das 15hs) no escritório da OOG, no Rio? Estou no México, mas chegou de volta na 4a de manhã.”

Hilberto diz que prefere na sexta-feira, então Ramos envia novo email.

“Meu Tio, vou estar amanhã e depois em SP; será que dava para eu trazer uns 50 acarajés dos 500 que tenho com você? Ou posso comprar aqui mesmo, no Rio? Tem alguma bahiana (sic) de confiança, aqui?”