ACESSE

TJ-MG suspende decisão que liberava bares e restaurantes em Belo Horizonte

Telegram

O presidente do TJ-MG, Gilson Soares Lemes, suspendeu nesta quarta (22) a decisão liminar que autorizava a reabertura de bares, restaurantes e lanchonetes em Belo Horizonte em meio à pandemia do novo coronavírus.

O recurso foi apresentado pela prefeitura da capital mineira, que alegou necessidade de conter o avanço do novo coronavírus. Na última sexta (17), a gestão de Alexandre Kalil divulgou em boletim que o número de novos infectados na cidade seguia em patamar elevado.

A decisão de primeira instância pela reabertura, na última segunda-feira (20), havia acatado um pedido encaminhado pela Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes).

Na decisão, o juiz Wauner Batista Ferreira Machado chamou o prefeito de “tirano” por fechar os restaurantes e culpou a imprensa por deixar a população “cega pelo medo e o desespero”.

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 17 comentários