Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

TJ-RJ manda Facebook guardar post apagado por Flávio Bolsonaro

TJ-RJ manda Facebook guardar post apagado por Flávio Bolsonaro
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou que o Facebook guarde uma publicação de Flávio Bolsonaro que mostra duas crianças com o rosto pintado com a expressão “Ele Não”, diz O Globo.

As imagens foram publicadas pelo senador sem autorização dos pais dos menores. Em sua postagem, Flávio ainda escreveu:

“No dia que seu filho se tornar um militante contra a fé, porque foi doutrinado na escola ou na universidade, tendo sua mente sequestrada pelo marxismo cultural, você entenderá que a luta não era por um presidente, mas por um Brasil livre.”

Após a repercussão negativa da publicação, o filho do presidente apagou a postagem. A defesa da mãe das crianças, porém, enviará uma notificação extrajudicial ao Facebook e ao parlamentar, em que cobra uma indenização por danos morais.

“Caso não haja um acordo entre as partes, a mãe das crianças promete recorrer à Justiça para cobrar a indenização. Internautas que emitiram comentários ofensivos também serão processados.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....